Medida de proficiência: saiba qual nível está o seu inglês

PRECISANDO MUDAR SUA VIDA FINANCEIRA?

Você é fluente em inglês? Se você ainda não sabe, deixa que eu explico para você, as diferenças e os níveis que você pode chegar conforme a medida de proficiência. Medida de proficiência: saiba qual nível está o seu inglês.

Ser fluente na língua inglesa não é em si necessário para realizar um vestibular, no entanto, quanto maior o seu nível em inglês, maiores são as chances de conseguir um bom emprego no mercado de trabalho, isso por que muitas empresas têm dado uma atenção ainda maior a pessoas que falam pelo menos um idioma a mais.

Quando se trata da língua mundial, o inglês, as chances de conseguir boas oportunidades são maiores ainda.

Portanto estar se qualificando é muito importante, afinal para testarem o seu inglês não serão utilizados apenas uma conversação simples em inglês na entrevista e sim será necessária uma apresentação da tal medida de proficiência no idioma para saber ao certo qual é o seu nível no idioma.

Portanto se está curiosa para saber até onde vai o seu inglês, é importante prestar muita atenção no que o SEB (Sistema Educacional Brasileiro) tem para nos explicar a respeito de como é medida a proficiência em inglês, e o quanto você deve se preparar para se dar bem.

Qual é a medida utilizada para a classificação de medida de proficiência?

Medida de proficiência

A medida utilizada atualmente é padrão atualmente utilizado pela maioria das escolas e instituições de ensino, que é o Quadro Comum Europeu de Referência para Línguas, conhecido como CEFR (em inglês, Common European Framework of Reference for Languages).

Classificam então os falantes do idioma nos níveis A1, A2, B1, B2, C1, C2. Portanto veja os que significa essa separação de grupos.

Nível A

Este grupo se refere as pessoas que estão começando agora a falar o idioma, onde sabe-se somente básico. São considerados nível A 1 os iniciantes, que entendem algumas palavras do cotidiano.

Já o grupo A2 é composto pelos falantes básicos, que compreendem um pouco mais certas falas em contextos mais simples, como os de emprego, descrição de situações e geografia.

B

Os intermediários (B1) e independentes (B2) fazem parte desse nível. A partir desse nível é onde ocorre os primeiros textos e falas pelas pessoas que estão aprendendo o idioma.

Também a essa altura já possível de algumas discussões sobre temos não muito complexos, além de conseguir conversar com outras pessoas fluentes ou até mesmo nativos.

Nível C

É a partir desse nível que já se pode considerar fluência no idioma. Nesse nível C1 estão as pessoas com proficiência operativa eficaz, ou seja, já se expressam com mais tranquilidade, podendo utilizar o idioma quando necessário.

As pessoas que dominam plenamente o idioma estão classificadas no nível C2, já possuem nível de nativos e são completamente fluentes.

Quais são as avaliações para chegar a essa conclusão? medida de proficiência

Os testes sempre irão contar com as quatro etapas fundamentais que são: listening, writing, speaking e Reading.

Podendo ser melhor em uma do que outras, e por isso é importante saber qual tem sido a sua fraqueza no seu aprendizado e tentar reverter isso. Portanto praticar mais onde não se tem domínio é fundamental.

Listening

Ao aprender um novo idioma, o comum é aprender a fala em primeiro lugar. É muito importante saber escutar para que dessa forma seja possível entender de maneira cristalina o que a pessoa disse e conseguir responder corretamente.

Além de ser ideal para a pronuncia ficar ainda mais próxima dos nativos. 

Writing – medida de proficiência

A habilidade de escrita também é fundamental em muitos casos, principalmente em vestibulares e provas. Além disso, ao escrever todas as palavras pensadas, é uma ótima maneira de treinar a leitura, a fala e audição, em ao escrever você lê, mentalmente fala e escuta. Portanto, é mais uma habilidade importante.

Speaking – medida de proficiência

Um dos maiores problemas que literalmente trava as pessoas que querem aprender um novo idioma é a fala. Seja pela timidez por medo de errar, ou até mesmo dificuldade em falar algumas palavras também.

Portanto para se ter um vocabulário completo é necessário dedicar-se muito e aprender sempre novas palavras e pratica-las em frente ao espelho para conseguir intimidade com as palavras.

Reading

Outra etapa importantíssima é a leitura, o que é fundamental para que se saiba escrever bem, visto que dessa forma é possível estar conhecendo ainda mais palavras e também melhorando muito o vocabulário.

Portanto, você pode estar lendo livros, revistas, jornais, revistas e blogs internacionais para ter algumas bases. Não busque apenas coisas de seu interesse, vá além pratique assuntos diversos.

Por fim, essas foram as informações que você precisava saber a respeito da medida de proficiência que define o seu nível como falante da língua inglesa. Qualquer dúvida deixe nos comentários.

Confira Curso de Barbeiro!

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Compartilhe